Realinhamento da articulação do tornozelo em distúrbio do crescimento da tíbia distal

a propósito de um caso clínico

  • Catarina Neto Pereira
  • Marco Pato
  • Patrícia Gomes
  • Fernando Amaral
  • Paulo Felicíssimo
Palavras-chave: Fracturas ósseas, Osso e ossos/ anormalidades, Tornozelo, Ostetomia/métodos

Resumo

As fracturas da fise da tíbia distal nas crianças e adolescentes podem levar a lesão da placa decrescimento com paragem no crescimento da fise e subsequente barra fisária, deformidade angularou discrepância do comprimento da perna. Opções de tratamento incluem excisão de barra fisária,epifisiodese contralateral e ipsilateral, e aquando do encerramento da fise osteotomia de correcçãoangular. Caso clínico: Individuo do sexo feminino, 23 anos de idade, saudável. Recorreu à consultade ortopedia por deformidade do tornozelo com dor mecânica associada, sem alteração significativana marcha. Referia história de trauma do tornozelo durante a adolescência, com necessidade deimobilização gessada, mas não sabia especificar o diagnóstico. À observação salientava-se desvioem valgo do tornozelo, sem discrepância significativa do comprimento da perna, sem diminuiçãodos arcos de amplitude do tornozelo e sem crepitações. A radiografia mostrava desvio em valgodo tornozelo (10° de deformidade). A doente foi submetida a osteotomia supramaleolar em cunhade subtracção interna da tíbia, osteotomia de alongamento do perónio e plicatura do ligamentocolateral interno. O seguimento aos 18 meses revelou melhoria significativa da dor com umaumento do score AOFAS de 23 pontos. O caso clínico relatado apresenta particular interesse pordemonstrar a importância do seguimento nas lesões fisárias da tíbia distal. A detecção precocede paragens do crescimento facilita a intervenção cirúrgica com diminuição da necessidade deprocedimentos correctivos major, como foi necessário neste caso.

Biografia do Autor

Catarina Neto Pereira

Serviço de Ortopedia B, Hospital de Professor Doutor Fernando Fonseca, Portugal.

Marco Pato

Serviço de Ortopedia B, Hospital de Professor Doutor Fernando Fonseca, Portugal.

Patrícia Gomes

Serviço de Ortopedia B, Hospital de Professor Doutor Fernando Fonseca, Portugal.

Fernando Amaral

Serviço de Ortopedia B, Hospital de Professor Doutor Fernando Fonseca, Portugal.

Paulo Felicíssimo

Serviço de Ortopedia B, Hospital de Professor Doutor Fernando Fonseca, Portugal.

Publicado
20-12-2018
Como Citar
Pereira, C. N., Pato, M., Gomes, P., Amaral, F., & Felicíssimo, P. (2018). Realinhamento da articulação do tornozelo em distúrbio do crescimento da tíbia distal: a propósito de um caso clínico. Tobillo Y Pie, 10(2), 121-124. Recuperado de https://jfootankle.com/tobilloypie/article/view/1361
Seção
Relato de Caso